Página inicial Licenciatura em Filosofia
PRINCIPAL SOBRE O PIBID PROJETOS CONTATO
Projeto
Grupo
Escolas
Contato
Encontros
Eventos
Produção
Projetos de ensino
Sala de aula
Seminário
Sugestões
Altos Papos
Bullying
Cine Reflexivo
Enduro
Perfil de Interesses
Ensino de Filosofia
Educação e Ensino
Entrevistas
Reportagens
FILOSOFIA
Apresentação
ADORNO, T. W.
ARENDT, Hannah
HEIDEGGER, Martin
ROUSSEAU, Jean J.
Visitas Online
Visita a Inhotim
Links Úteis
 
Cadastre- se e receba
as novidades por e-mail.
Nome:
E-mail:
 
 
 
Projeto
 
QUEM SOMOS

QUEM SOMOS

A Filosofia vem contribuir com sua prática e conteúdos específicos para o trabalho de formação dos alunos da escola média, já realizado por outras áreas do saber, e aí se inclui como co-responsável pela formação do pensamento crítico, cidadão e autônomo. Acresce a esta tarefa o trabalho próprio do saber filosófico, que é o de lidar de maneira mais reflexiva e englobante com temas e problemas que fazem parte da vida humana, das relações do homem com a realidade e com outros saberes. No caso da Filosofia, sua especificidade exige um tratamento mais apropriado e não uma simples transposição de metodologias de outras áreas de conhecimento. Nesse sentido, dialogar com a realidade e experiência do aluno, como uma forma de aproximação e sensibilização, ajuda a concretizar em sala de aula o diálogo com a tradição filosófica, possível pela investigação de problemas, conceitos e argumentações em textos dos filósofos. Entretanto, não basta partir das vivências, é necessário pensar o vivido. Antes de fornecer conceitos como simples transmissão do saber é preciso dar a oportunidade ao estudante de construí-los, de fundamentar o saber sobre determinada questão a partir de suas experiências culturais, históricas e sociais. A construção do conhecimento exige uma postura investigativa. É preciso que o jovem dialogue e investigue a partir de contextos considerados significativos.

O que almejamos enquanto professores de Filosofia é promover em sala de aula uma experiência de pensamento, conjugando problemas, conceitos e desenvolvimento de habilidades reflexivas. Trata-se de pensar o trabalho em sala de aula sob a ótica pedagógica e mesmo didática, selecionando as práticas que, de fato, podem promover a aprendizagem, tornando o ensino de Filosofia adequado e factível.

O que se pretende, hoje, com a Filosofia na sala de aula do Ensino Médio, não é fornecer mera informação conteudista, mas abrir espaço para o exercício do pensamento, ou seja, para a construção do pensamento com os alunos ao explicitar as questões, analisar os discursos e elaborar conceitos. O curso de Filosofia da UFSJ considera em seu trabalho pedagógico as sugestões de conteúdo e habilidades propostas pelo CBC de Filosofia/Caderno Básico de Conteúdo da Secretaria de Educação do Estado de Minas Gerais. Além da legislação pertinente, o aporte teórico utilizado considera de maneira especial as publicações de GALLO, Sílvio; KOHAN, Walter e LORIERI, Marcos.

Apesar dos avanços obtidos com a discussão sobre o ensino de Filosofia no nível Médio, ainda há muito a se considerar na construção de características identificadoras de uma boa aula de Filosofia. Este é o nosso desafio enquanto integrantes do PIBID/FILOSOFIA.

 
 
 
 
Janeiro 2017
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031
 
 
 
Parceiros:
Capes
Universidade Federal de São João Del Rei